companhia das letras

O retrato de Doria Gray (2009) ► [resenha fílmica]

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

/ by Vitor Zindacta



Nome original: Dorian Gray
Nome no Brasil: O Retrato de Dorian Gray
Direção: Oliver Park
Produção: Barnaby Thompson
Roteiro: Toby Finlay
Fotografia: Roger Pratt
Trilha Sonora: Charlie Mole
Duração: 112 min.
Ano: 2009
País de origem: Reino Unido
Gênero: Drama, fantasia
Distribuidora: Europa Filmes
Classificação: 16 anos


Em o Retrato de Dorian Gray (2009), Dorian Gray é um jovem estupendamente belo e ingênuo,que se muda para Londres após receber uma grandiosa herança .Após a chegada Dorian conhece Basil um pintor que se vê maravilhado com a beleza jamais vista de Dorian Gray . Basil convida Dorian para ser seu modelo em um retrato, Dorian se torna fonte de inspiração para o pintor e com essa visível aproximação nasce um amor platônico por parte de Basil.

Lorde Henry um homem cínico e disseminado ,grande amigo de Basil conhece Dorian seduzindo-o por sua visão de um mundo onde o que importa é a beleza e o prazer.

Basil imortaliza a beleza de Dorian com uma pintura fiel ao modelo original ,após o termino do retrato Doria deixa claro que deseja nunca envelhecer,permanecer eternamente belo.Com esse desejo Dorian vende sua alma em troca da juventude eterna.Com as ideias maquiavélicas e fúteis de Henry,Dorian perde completamente a noção de moral e aquele rapaz ingênuo e infantil que havia chegado é deixado de lado numa poça de lama mundana. No novo mundo, Dorian conhece Sibyl uma atriz encantadora que o enfeitiça apenas com um olhar.Ele se declara para Sibyl e seu amor é correspondido,ao decorrer da historia Dorian decepciona Sibyl que num ato de desespero se joga de uma ponte e morre .A derrota total de Dorian se da quando se deixar levar pelas palavras de Henry e em qualquer sentimento ou culpa ao tratar da morte de Sibyl , que estava esperando um filho de Dorian.
Após esse momento Dorian percebe que o retrato pintado por Basil está se modificando,assumindo fisionomia cruel e podre;a cada mudança de caráter do protagonista o retrato cada vez mais se deteriorava .O rapaz está cada vez mais perdido no mundo de orgias sexuais e das drogas.O tempo estava parado para Dorian,ele não envelhecia,nenhuma ruga,seu rosto continuava extremamente belo,mas o retrato que foi escondido por Dorian estava a tal ponto de exalar um odor pútrido de toda a loucuras e maldades cometidas.Nada mais o importava somente a beleza q o levou a matar Basil por ter descoberto o retrato praticamente irreconhecível com as marcas da alma de Dorian.

Dorian é explorado com tanto ardor que o expectador fica completamente dividido em amar Dorian e odiar suas atitudes das trevas,idolatra-lo por sua beleza exterior e odia-lo por sua feiúra na alma.A intensa mudança de humor,personalidade,atitudes e o amor que o mesmo sente por sua própria beleza é o que nos prende ao extremo na obra.Com a influencia de Henry, Dorian é corrompido,com isso o autor mostra que o ser humano é facilmente instruído á mudanças de preceitos, opiniões em função dos outros á seu arredor.
O Retrato de Dorian Gray,apresenta um inebriante perfeccionismo:no ambiente ,no figurino,no modo de se portar dos personagens,em tudo .O autor retrata a beleza de Dorian como algo místico,nos enfeitiçando no decorrer do filme,somos levados a idolatrar a beleza de Dorian sem percebermos.

Postagem mais recente
Next Story Postagem mais antiga Página inicial
siga-nos no Instagram: @postliteral
Leia[+]
© all rights reserved
made with by templateszoo