A fantástica história por trás da pequena sereia


Quem nunca ouviu falar da história da pequena sereia, uma das mais famosas e encantadoras narrativas da literatura infantil? Por trás dessa fantástica história de amor e transformação, há uma série de curiosidades e elementos que tornam esse conto ainda mais fascinante. Nesta matéria, vamos explorar a origem, os personagens e os principais elementos que tornam a história da pequena sereia tão especial e emocionante. Venha conosco mergulhar nesse universo mágico e descobrir todos os segredos por trás desse clássico conto de fadas.

Qual a história original da princesa Ariel?

A história real e macabra da pequena sereia é bem diferente da versão mais conhecida e popular escrita por Hans Christian Andersen. Na verdade, a história original foi escrita pelo autor dinamarquês em 1837 e é bastante sombria e trágica.

Na versão original, a sereia é uma jovem princesa do mar que se apaixona por um príncipe humano depois de resgatá-lo de um naufrágio. No entanto, o príncipe acaba se apaixonando por uma princesa terrena e se casa com ela, deixando a pequena sereia de coração partido.

Desesperada para conquistar o amor do príncipe e ter uma alma imortal, a sereia faz um pacto com uma bruxa do mar, que lhe dá pernas humanas em troca de sua voz. Mas a cada passo que ela dá, é como se estivesse pisando em facas afiadas, causando uma dor terrível.

Além disso, se o príncipe se casar com outra mulher, a pequena sereia morrerá e se transformará em espuma do mar. Quando o príncipe se casa com a princesa terrena, a sereia se joga no mar e se transforma em espuma, desaparecendo para sempre.

Essa versão da história da pequena sereia é uma bela e sombria reflexão sobre amor não correspondido, sacrifício e consequências de nossas escolhas. Andersen mostrou que nem todas as histórias de contos de fadas têm finais felizes, e que algumas tragédias são inevitáveis.

Quando e como foi feita a adaptação da história real por Walt Disney?

A adaptação da história real da pequena sereia por Walt Disney foi feita em 1989, no filme de animação "A Pequena Sereia". O filme foi baseado no conto de Hans Christian Andersen, publicado em 1837. A história foi adaptada para o público infantil, com músicas e personagens mais coloridos e encantadores. Disney alterou significativamente o final da história original, que era mais triste, para um final feliz. O filme foi um grande sucesso de crítica e público, e se tornou um dos clássicos da Disney.

Na história original,  o enredo foi completamente alterado para os cinemas, uma vez, que, o enredo original não era categoricamente bom para crianças na época. O mesmo foi feito com a história de todas as outras princesas da Disney, que como sabemos, advém de uma história macabra de conto de terror, e que, claro, não seria indicado para exibição para o público infantil, como propõe a temática dos estúdios Disney.

Quais as diferenças entre o enredo do filme x livro?

As diferenças entre o enredo do filme e do livro de "A Pequena Sereia" são significativas. No conto original escrito pelo autor dinamarquês Hans Christian Andersen, a sereia não se chama Ariel, mas sim apenas A Pequena Sereia. Além disso, no conto original, não há o personagem do Sebastião, do Linguado, ou do Príncipe Eric.

No filme da Disney, o enredo é mais simplificado e foca mais na história de amor entre a sereia Ariel e o Príncipe Eric. O filme também tem um final feliz, com Ariel se casando com o príncipe e se tornando humana permanentemente, enquanto no conto original, a sereia não consegue conquistar o amor do príncipe e acaba se transformando em espuma do mar.

Outras diferenças incluem a presença de vilão no filme, a bruxa do mar Úrsula, que não existe no conto original, e a presença de músicas e números musicais no filme da Disney, que não estão presentes no conto original.

Qual filme da pequena sereia fez mais sucesso?

O filme original da Pequena Sereia, lançado em 1989 pela Disney, foi o que fez mais sucesso, sendo considerado um clássico da animação e amado por gerações. Ele foi o responsável por popularizar a história da sereia Ariel e se tornou um dos filmes mais icônicos da empresa, sendo admirado até os diasa atuais como uma das princesas mais queridas do catálogo da Disney. Na adaptação elaborada pela empresa, Ariel salva o príncipe de um naufrágio e se apaixona por ele, mas ela sabe que não pode ficar com ele como sereia. Ela faz um acordo com a bruxa do mar, que lhe dá pernas em troca de sua voz. A sereia se torna humana, mas descobre que seu amado está destinado a se casar com outra mulher.

Ariel sofre em silêncio enquanto o príncipe se apaixona pela nova noiva, mas ela decide não matá-lo para que ele possa ser feliz. No final, ela se dissolve em espuma, mas é transformada em uma criatura do ar, ganhando uma alma imortal por suas boas ações.

A história da pequena sereia é uma história de amor, sacrifício e redenção, e tem sido adaptada para diversas formas de mídia, como filmes, peças teatrais e animações.

© all rights reserved
made with by templateszoo