[RESENHA #945] Gandhi e Churcill: a rivalidade épica que destruiu um império e forjou nossa era, de Arthur Herman

Nessa obra fascinante, finalista do Prêmio Pulitzer de Não Ficção, o historiador Arthur Herman constrói, com detalhes, uma biografia dupla de dois dos maiores líderes do século XX: Mahatma Gandhi e Winston Churchill. Gandhi e Churchill conta a história de duas importantes figuras políticas do século XX que até hoje impactam nossa era. Nascidos em mundos distintos - o primeiro em um lar religioso no interior da Índia, o segundo em uma família aristocrática britânica -, tiveram suas vidas e carreiras entrelaçadas ao protagonizar quarenta anos de rivalidade que selaram o destino da Índia e do Império Britânico.Durante sua longa carreira, Winston Churchill fez o necessário para assegurar que a Índia permanecesse sob o domínio britânico. Chegou a redesenhar todo o mapa do Oriente Médio e até pôr em risco a aliança com os Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Mahatma Gandhi, ao contrário, dedicou a vida à libertação de seu país, desafiou a morte e a prisão e criou um movimento político totalmente novo: satyagraha, ou desobediência civil. Suas campanhas por não violência - em especial sua famosa Marcha do Sal - seriam um ensaio e um exemplo não apenas para a independência da Índia, mas para os movimentos por direitos civis nos Estados Unidos e as lutas por liberdade ao redor do mundo.A partir de uma meticulosa pesquisa, Arthur Herman traz uma narrativa histórica ampla e vigorosa sobre império e insurreição, guerra e intrigas políticas, e conta com um fascinante elenco de apoio, como o general Kitchener, Rabindranath Tagore, Franklin Roosevelt, lorde Mountbatten e Muhammad Ali Jinnah, o fundador do Paquistão.Essa impressionante biografia desconstrói as lendas e os mitos criados sobre esses grandes personagens, expondo seus pontos fortes e suas fraquezas. Além disso, é uma brilhante parábola sobre dois homens poderosos e carismáticos que sempre foram assombrados pelo fracasso pessoal, e que, ao fim da vida, tiveram seus maiores triunfos ofuscados pela perda daquilo que mais estimavam.

RESENHA

Cada um dos mencionados indivíduos desempenhou um papel significativo na política durante o fim do período vitoriano e continuou a ser líder até meados do século XX. Cada um deles tinha uma visão marcante para seu país, que inicialmente prevaleceu de maneira impressionante, mas eventualmente entrou em conflito com as novas realidades modernas. Mohandas Gandhi (1869-1948), nascido em uma família hindu rica na província ocidental de Gujarati, recebeu educação no sistema educacional inglês com o objetivo de se tornar advogado. Ele passou algum tempo em Londres para seus estudos. Sua primeira experiência de discriminação racial aconteceu na África do Sul, onde lutou pela libertação dos trabalhadores contratados. Winston Churchill (1874-1965), filho de um aristocrata que ocupou brevemente o cargo de secretário de Estado da Índia, herdou a crença inabalável de seu pai, Randolph, na missão imperial britânica no subcontinente. Embora Gandhi e Churchill inicialmente tenham aderido à ideia de império como "uma força moral, uma instituição de ordem e civilização", a visão de Gandhi passou por uma mudança drástica. Gradualmente, ele rejeitou a Grã-Bretanha por sua opressão criminosa e tirania, e desenvolveu um novo credo espiritual a partir de suas profundas leituras filosóficas, incluindo Tolstoi, Ruskin e o Bhagavad Gita. Churchill se opunha ao tipo de "fanatismo" religioso de Gandhi, acreditando que isso ameaçava engolir o mundo civilizado cristão na escuridão do paganismo. Quando Gandhi retornou à Índia e entrou na política nacional, ele desenvolveu sua crença na ahimsa (não-violência) e adotou métodos de satyagraha (resistência passiva) para desafiar as políticas paternalistas e restritivas do Raj. Churchill sempre se opôs a ele, rejeitando categoricamente, por exemplo, a defesa do status de domínio para a Índia feita pelo Lorde Irwin em 1929. O retrato feito por Herman de cada homem transmite sua visão de mundo, moldada pela classe social, história e educação. Ambos se mostraram grandiosos, mas também com falhas, de maneiras diversas. Escrito de forma magistral pelo renomado autor Arthur Herman, este livro nos transporta para um período conturbado da história mundial, onde o domínio britânico sobre a Índia estava no auge e as ideias de liberdade e independência começavam a se espalhar.

Herman mergulha profundamente na personalidade e nos valores de Gandhi e Churchill, revelando suas diferenças marcantes. Enquanto Gandhi se destacava por sua filosofia de resistência pacífica e sua busca incansável pela independência indiana, Churchill, por outro lado, defendia a supremacia britânica e a manutenção do império a todo custo. Essas duas visões opostas colidem em uma rivalidade épica, que mudaria o curso da história e deixaria um legado duradouro.

O autor conduz o leitor através de eventos cruciais, como a Marcha do Sal, a Segunda Guerra Mundial e a luta pela independência indiana, evidenciando como as ações de Gandhi e Churchill se entrelaçaram ao longo desses momentos cruciais. Além disso, Herman destaca também os dilemas enfrentados por ambos os líderes em suas vidas pessoais, expondo suas fraquezas e contradições.

Uma das grandes conquistas deste livro é revelar os bastidores dessa rivalidade, proporcionando uma perspectiva única dos desafios e obstáculos enfrentados por Gandhi e Churchill em suas incessantes batalhas políticas. Herman mergulha nas controvérsias e argumentos fervorosos que se desenrolaram durante os anos de confronto, permitindo que o leitor compreenda todas as nuances desse embate histórico.

Além disso, "Gandhi & Churchill" também aborda como essa rivalidade não apenas afetou o império britânico, mas também moldou a nossa era. A luta pela independência indiana e o desmantelamento do império tiveram impactos significativos na política internacional e nas relações globais, abrindo caminho para uma nova ordem mundial.

Com uma narrativa envolvente e uma pesquisa meticulosa, Arthur Herman nos presenteia com um retrato vívido e detalhado da rivalidade entre Gandhi e Churchill. Este livro é uma leitura obrigatória não apenas para os apaixonados por história, mas também para aqueles interessados em compreender como a luta pelo poder e ideais opostos podem se chocar e definir o curso da humanidade.
© all rights reserved
made with by templateszoo