companhia das letras

Resenha ► As aventuras de Beto e Fê: O Cofre de Três Segredos, de Léia Cassol

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

/ by Vitor Zindacta


O livro O Cofre de três segredos fala de três adolescentes que gostam de se aventurar, na época de Bento Gonçalves da revolução farroupilha eles tem uma roda do tempo que eles conseguiam voltar no tempo e com isso eles se aventuraram bastante, mas nem todas as aventuras foram divertidas.

O livro é dividido em 38 capítulos, tem 159 páginas, é uma narração e o narrador participa da história. A história começa quando Beto se muda para a casa ao lado da casa de Fernanda, eles são grandes amigos junto com Antônio eles sempre se aventuram juntos.
Agora que eles tinham a roda do tempo eles iam para todo lugar. O avô de Fê tinha um cofre da época da revolução farroupilha que era de Bento Gonçalves, e os três aventureiros descobriram onde ele escondia esse cofre, era no porão onde antigamente era uma senzala onde ficavam os negros escravos. Então o avô de Fê contou toda a historia para eles, esse cofre tinha três Chaves, e ele aproveitou que as crianças estavam ali e pediu a ajuda delas para encontrarem as Chaves.
O Roberto é um morador de rua e escutou a conversa deles ele queria o cofre e ele conhecia toda aquela casa pois um dia foi dele ele perdeu tudo pois gastava muito dinheiro, ele entrou em uma entrada secreta e roubou o cofre depois mais tarde as crianças foram dar uma volta na praça a avó de Fê fez bolinhos de chuva, Beto foi buscar a coca e Antônio foi buscar os copos enquanto eles tinham saído Roberto sequestrou Fernanda e a levou para um porão em baixo de uma funerária e deixou uma carta para Beto, ele encontrou onde o bandido estava com Fernanda e mais outro mendigo.

Eles queriam as três chaves mas eles so tinham achado duas, então eles resolveram voltar no tempo para pegar a outra chave eles passaram por muitas coisas pois naquele tempo acontecia a revolução farroupilha, ele encontraram com Bento Gonçalves ele ajudou as crianças a acharem a chave que faltava.
As crianças voltaram para casa com a chave conseguiram fugir do morador de rua entregaram a chave para o avô e a roda do tempo também ele mandou essas coisas para o museu e ninguém nunca mais mexeu neles. Eu recomendo este livro para quem gosta de aventuras e suspense para as crianças de 10 à13 anos.

Léia Cassol nasceu no Paraná, em 1974, mas mora em Porto Alegre há quase 20 anos. Entrou no universo da literatura pelas histórias que o pai lhe contava, quando era bem pequena. Depois, quando foi para a escola, encontrou uma professora que a encantou com as historias que estavam nos livros. Daí cresceu, veio morar em Porto Alegre e começou a trabalhar em uma editora. Léia muito fazia feiras em escolas e contava às historias que lia. Com o tempo e estudo foi além... Passou a escrever. É contadora de historias e escritora. Sua paixão são as lendas, os causos e a historia do rio grande do sul!
Postagem mais recente
Next Story Postagem mais antiga Página inicial
siga-nos no Instagram: @postliteral
Leia[+]
© all rights reserved
made with by templateszoo