[RESENHA #525] Samba de enredo, de Alberto Mussa e Luiz Antonio Simas


MUSSA, ALBERTO. Samba de enredo: história e arte / Alberto Mussa, Luiz Antonio Simas - 2ºed. rev, ampl. - Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2023.

Apresentação/sinopse Samba de enredo: história e arte surgiu em 2009, da parceria entre Alberto Mussa e Luiz Antonio Simas, ambos escritores apaixonados pela cultura do samba. O livro apresenta análises minuciosas de sambas de enredo e suas relações com a história social do país. Em meio a ritmos, letras e personagens, leitores e leitoras conhecem o modo como esse gênero tipicamente brasileiro vem sendo construído e se desenvolvendo, de 1870 até a atualidade.

Para analisar a letra e o contexto desses sambas-enredos, Alberto Mussa e Luiz Antonio Simas ouviram cerca de 1.600 canções gravadas, além de outras, que estão registradas na memória acumulada ao longo de vários carnavais.

Nesta nova edição, revista e ampliada, os autores atualizaram o livro com um posfácio, que trata das mudanças nos sambas de enredo, de 2010 a 2022. O texto de orelha é assinado pelo mestre Haroldo Costa. Tanto para quem deseja se iniciar no mundo do carnaval quanto para quem busca um aprofundamento, Sambas de enredo: história e arte é leitura essencial.


-

O livro Samba de enredo é uma bibliografia acerca da história do samba e do gênero enredo, um gênero genuinamente brasileiro e das modificações estéticas sofridas ao longo dos anos. A obra é um estudo de anos de dedicação do autores, que dedicaram-se de corpo e alma à acompanhar o samba, o carnaval e todas as marchinhas e disputas de samba nas quadras, elucidando assim, o enredo discorrido nesta narrativa que percorre transições e criações poética das escolas de samba e suas capacidades de se reinventarem, quase que, espontaneamente. 


O samba de enredo, é, segundo o autor um poema que discorre e transcreve as alegorias do carnaval em uma estética única estabelecidas pela escola de samba. O livro narra acontecimentos históricos dentro e fora dos desfiles e seus efeitos na classificação do samba de enredo de como musicalidade poética e suas transfigurações até o dia de hoje, estabelecendo-se assim, uma linha do tempo tênue entre acontecimentos e formas de expressão das escolas durante o percurso de criação dos desfiles. Nota-se um estudo vasto acerca do tópico, percorrendo por assuntos que discorrem desde outros estilos até à consolidação do samba de enredo, bem como seu destaque dentre todos os outros subgêneros existentes dentro do samba, o que o caracterizou como algo único e inconfundível.


O livro divide-se em diversos capítulos que transitam entre a história do samba e a criação da identidade dentro dos gêneros, percorrendo entre os períodos clássicos [1951-1968] (p.55), época de ouro [1969-1989] (p.73), até o surgimento das escolas de samba de enredo (p.135).


A narrativa mostra-nos como o enredo consolidou-se como uma ferramenta de luta, tornando-se assim, característica de suas criações o enfrentamento de problemáticas sociais, temas de grande escala e importância social, o que pode caracterizar-se no capítulo época de ouro, que nos é mostrado a importância das letras de diferentes escolas de samba durante o período ditatorial. 


Para caminhada do samba dentre o ontem e o hoje, nota-se que o samba de enredo transformou-se inúmeras vezes e continua se transformando e se tornando inconfundível por quem o ouve, para onde ele vai? só o tempo dirá (p.201).


A obra finaliza com uma listagem de todas as composições originais de samba de enredo durante o passar das décadas. O livro é poético em suas estruturas, o samba está em todas as suas páginas, e é possível imaginar-se em um desfile curtindo o carnaval em um misto de samba e efervecência política em suas letras, uma obra majestosa.

© all rights reserved
made with by templateszoo