[RESENHA #500] O menino do pijama listrado, de John Boyne

"Intenso e perturbador [...] pode-se tornar uma introdução tão memorável ao tema como O diário de Anne Frank foi em sua época." - USA Today

Fábula de guerra poderosa e encantadora, O menino do pijama listrado foi publicado em mais de vinte países e teve mais de 6 milhões de cópias vendidas em todo o mundo.

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga.


Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

RESENHA

O Menino do Pijama Listrado, de John Boyne, é um romance de ficção histórica de 2006 que conta a história de dois garotos - um alemão e o outro judeu - que moram em casas opostas de uma cerca de arame farpado durante a Segunda Guerra Mundial. O livro aborda temas como amizade, inocência e discriminação racial.

A história se concentra na vida de Bruno, um garoto de nove anos, que muda de Berlim para Auschwitz quando seu pai é nomeado comandante do campo de concentração. Lá, Bruno conhece Shmuel, um garoto de seu mesmo tamanho que está do outro lado da cerca de arame farpado. Os dois garotos desenvolvem uma amizade inabalável, que é colocada à prova pelas circunstâncias da guerra.
''A vida não é justa. Às vezes, as pessoas fazem coisas que não deveriam fazer. Mas é aí que somos diferentes. Temos que ajudar uns aos outros." - Shmuel, O Menino do Pijama Listrado

O livro explora o tema da amizade na infância, e como é necessário para desenvolver um senso de humanidade e compaixão. Bruno passa da ignorância à compreensão do que está acontecendo, e seu relacionamento com Shmuel ajuda a moldar sua consciência e a percepção que ele tem do mundo ao seu redor. O livro também aborda temas como a discriminação racial e a desumanização do outro.

O Menino do Pijama Listrado é um livro profundamente comovente que aborda um assunto difícil de forma sensível. A narrativa reflexiva de Bruno nos dá uma visão íntima sobre o horror da guerra e o que significa realmente ser humano. O livro é um lembrete importante de que há humanidade em todos nós, mesmo quando a ignorância e a discriminação nos cercam.


"Nunca se sabe o que pode acontecer no futuro, e às vezes é melhor não saber." - Bruno, O Menino do Pijama Listrado

O enredo retrata uma história sobre duas crianças, Bruno e Shmuel, que se conhecem através de uma cerca que separa o lado alemão do lado polonês durante a Segunda Guerra Mundial. Bruno, o protagonista, é um menino de nove anos de idade, de uma família alemã de classe média alta, que se mudou recentemente de Berlim para uma aldeia remota. Shmuel, por outro lado, é um menino judeu de idade semelhante que vive do outro lado da cerca, no campo de concentração.
"As mentiras geralmente acabam por se tornar verdades. É esse o problema." - Bruno, O Menino do Pijama Listrado

Bruno é um menino curioso e aventureiro, e tem um espírito livre e alegre que é contrastado com a tristeza e a opressão do campo de concentração. Ele é incrivelmente ingênuo e despreparado para entender a realidade aterrorizante que ele se envolve. No entanto, sua amizade com Shmuel lhe dá um senso de esperança e força, que o ajuda a enfrentar o medo e a confusão.

Shmuel é um personagem trágico, mas também um personagem muito corajoso e resiliente. Ele é um dos muitos judeus que estão presos no campo de concentração, e ele tem que suportar o horror e o sofrimento do campo de concentração todos os dias. Embora ele não consiga escapar, ele encontra conforto e esperança através de sua amizade com Bruno.
"Não há limites para o que a amizade pode fazer." - Bruno, O Menino do Pijama Listrado

O livro O Menino do Pijama Listrado mostra a importância da amizade e da solidariedade, mesmo nos tempos mais difíceis. Os personagens de Bruno e Shmuel são profundamente humanos, e eles nos ajudam a entender e a lembrar os horrores da Segunda Guerra Mundial. Eles nos mostram que, mesmo em tempos de grande conflito e tragédia, é possível encontrar pequenos momentos de esperança e beleza que podem nos ajudar a sobreviver.

A recepção do livro "O Menino do Pijama Listrado" foi extremamente positiva. O livro foi muito bem recebido pela crítica e pelo público e foi considerado um dos melhores livros de ficção de todos os tempos. O livro foi indicado para muitos prêmios, ganhando inclusive o prêmio Whitbread Book of the Year em 2008. Ele também foi adaptado para o cinema com grande sucesso, tornando-se um dos filmes mais populares do ano.

© all rights reserved
made with by templateszoo