companhia das letras

[RESENHA] Pedagogia da autonomia , de Paulo Freire

sábado, 18 de setembro de 2021

/ by Vitor Zindacta



Livro: Pedagogia da Autonomia, autor: Paulo Freire. Ano da Publicação Original: 1996

Resenhado por José Cezario dos Santos, acadêmico do curso Licenciatura em História da Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul - FAMASUL, Matricula nº 101030171



Com a responsabilidade e o desafio de fazer meus digníssimos leitores entender as ideias defendidas pelo Prof. Paulo Freire nesta magnífica obra “Pedagogia da Autonomia”, apresento uma resenha crítica dentro de suas inspirações nesta trajetória do campo dos saberes. As intenções do autor são de resgatar de forma corajosa as questões e levar ao debate entre os educadores nos diversos níveis da educação visando uma organização programática e o desenvolvimento de sua formação. Paulo Freire analisa os saberes fundamentais mais deixa a vontade para o leitor crítico acrescentar algumas idéias e importância que não tenha percebido. Mas também não gosta daquele que crítica permanentemente conceituando sua ideologia fatalista e a sua recusa inflexível ao sonho e à utopia.

No primeiro capitulo o autor tem por finalidade ajudar a quem faz parte em educar o aluno refletir continuamente a sua pratica de ensino admitindo que não saiba de tudo aprendendo a cada dia, tanto teoricamente como culturalmente vendo as características do local em que leciona, criando situações para suas atitudes no dia a dia da sala de aula. No capitulo dois Freire politiza a sua obra em que alguns acontecimentos dentro e fora da escola influência no processo de aprendizagem e que o ensino não deve ser tão somente uma transmissão de conteúdos, mas como criador de possibilidades para a construção do conhecimento com isso o aluno ficando independente do professor chegando à autonomia. No terceiro capitulo Freire fala que a autonomia se constrói a partir da experiência e decisões que tomamos. Ele chama a atenção para o fato de que não é do dia para a noite que se obtém conhecimento, mas com os erros construindo uma maturação.

Paulo Freire foi um respeitado e conceituado educador brasileiro, crítico do sistema tradicional da educação escreveu esta obra defendendo uma pedagogia fundada na autonomia do educando questionando a função de educador autoritário que não permite a curiosidade do aluno. Era a favor de um ensino mais democrático entre educadores e educando que estão em constante aprendizado. Uma simples palavras vindo do professor poderão ficar marcados pelo resto da vida, contribuindo positivamente ou não para o desenvolvimento de uma pessoa, o educador deve está aberto a aprender e trocar experiências com os educando respeitando sua vivencia. O ensino dinâmico desenvolve a curiosidade sobre o fazer e o pensar, equilibrando as emoções e os métodos de ensino.

Ensinar é respeitar a autonomia e a identidade do educando, para passar conhecimento o educador deve estar envolvido com ele para estimular e desenvolver o pensamento dos alunos, fornecendo argumentos para o desenvolvimento da crítica, respeitando a diferença sem descriminação também abordando algum conceito para o desempenho do bom ensino e maior aproveitamento no aprendizado. Ele também aborda a questão do professor defender seus direitos exigindo condições para exercer sua docência.

Paulo Freire também aborda a autoridade do educador mais distinguindo democraticamente, também protesta na diferenciação de classe defendendo uma sociedade mais justa e humana, o professor é importante para o momento de mudança social, pois a educação é uma especificidade humana que intervém no mundo. Demonstra que a pedagogia da autonomia deve está centrada em experiências estimuladoras de decisão e responsabilidade

O livro pedagogia da autonomia também pode ser utilizado pelos profissionais de enfermagens pela autonomia, a liberdade, a autoridade com ética e respeito ao próximo, sendo também uma base para o conhecimento na vida. A enfermagem é uma profissão que está atrelada a um conjunto de práticas sociais e éticas ligadas aos seres humanos em situação de fragilidade, dessa forma necessita de segurança no conhecimento para se passar confiança cuidando de um paciente ou administrando uma equipe. A enfermagem também faz um papel importante na educação, envolvendo em ações de promoção e controle das doenças a população por isso que tem que está interado com o conhecimento para passar confiança e credibilidade envolvendo os cidadãos na conscientização de seus diretos. Essa obra é um convite ao exercício da auto-avaliação e conscientização de valores sociais, respeito na forma de educar e de agir. Pois a grandeza de um Homem não está no quanto ele sabe, mas no quanto ele tem consciência de que não sabe e está disposto a aprender!

Freire analisa os saberes como parte do desenvolvimento do aluno, mas deixa a vontade para quem possa criticar e acrescentar novas idéias, aproveitando deste conceito faço minha analise pessoal. Aparentemente as idéias dele são bonitas olhando pelo lado da emoção parece perfeita mais o que está acontecendo é que ainda estamos com uma geração de educadores, no ensino regular ainda do modelo tradicional principalmente em escolas públicas juntando com um vinculo empregatício político que impede uma melhor dedicação das maiorias dos docentes. Mais tenho a esperança de que no futuro esteja se formando uma geração de professores que bem capacitados juntando com algumas mudanças na questão de contratações de professores venham a desempenhar um papel na construção do conhecimento nessa ação pedagógica que é impermeável à mudanças.
Ofereço esta resenha ao educador principalmente aos novos, que ele conheça em profundidade cada aluno que ira educar, sua realidade e o seu contexto social. Em relação aos salários que analise antes para entrar na educação não que a luta por melhores salário não é importante mas que isso não sirva como pretexto para não se dedicar a função


José Cezario dos Santos, acadêmico do curso Licenciatura em História da Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul - FAMASUL, Matricula nº 101030171

Postagem mais recente
Next Story Postagem mais antiga Página inicial
siga-nos no Instagram: @postliteral
Leia[+]
© all rights reserved
made with by templateszoo