companhia das letras

Resenha: A metamorfose, de Franz Kafka

domingo, 8 de agosto de 2021

/ by Vitor Zindacta


Quando Gregor Samsa, certa manhã, acordou de sonhos intranquilos, tudo mudou. Não só em sua vida, mas no mundo. Ao se encontrar metamorfoseado em um inseto monstruoso, Gregor acompanha as reações de sua família ao perceberem o estranho ser em que ele se tornou. E, enquanto luta para se manter vivo e entender a sua nova realidade, reflete sobre o comportamento de seus pais, de sua irmã e de seu chefe, e de forma ainda mais angustiante, pensa na própria vida até então.

ISBN-13: 9786580210008
ISBN-10: 6580210001
Ano: 2020 / Páginas: 232
Idioma: português
Editora: Antofágica


Resenha: A METAMORFOSE, Franz Kafka.

O livro trata-se da súbita transformação de Gregório Samsa em um inseto monstruoso que até o seu final da historia não foi possível decifrar precisamente de que inseto se trata. Samsa é transformado em inseto após uma noite conturbada de sono, ao acordar se depara com varias pernas e uma crosta dura, seu corpo estava deformado. Sua nova condição física prejudicava a locomoção, o equilíbrio e a própria convivência com a sociedade, Samsa havia se tornado um ser totalmente fora dos padrões. Samsa era um caixeiro viajante e era o responsável por trazer o sustento pra dentro de casa, o dia que se transformou não pode ir trabalhar, o mesmo nunca tinha faltado no emprego, nunca tinha ficado doente ou coisa parecida, sabia que seu patrão iria lhe procurar.

O livro destaca com uma riqueza enorme de detalhes a maratona que o Samsa teve que fazer para conseguir sair da cama. O supervisor de Samsa foi pedir explicações do porque ele não havia pegado o trem? Todos queriam que Samsa abrisse a porta, mais ele não podia fazer isso, sentia vergonha da sua forma, a qual causaria constrangimento e até mesmo horror aos seus familiares e ao supervisor.

Os pais de Samsa tinham dividas e era ele quem trazia dinheiro pra casa, o supervisor começou a falar pra Samsa coisas como: “Que todos confiavam nele, achavam que era uma pessoa com responsabilidades e comprometimento e que ele havia decepcionado muito em não ter ido trabalhar” Samsa se via numa situação sem igual, estava sendo pressionado por todos ao mesmo tempo.

Finalmente Samsa abre a porta, ao vê-lo todos ficam pasmos, totalmente fora de si, o supervisor deixa a casa estarrecido com a situação, seu pai tinha se mantido calmo até o momento que o supervisor estava na residência após isso passou a gritar e a tratá-lo mal, não aceitava que o filho tivesse se transformado naquele animal horrível e nojento, seu pai deu –lhe um empurrão que fez com que caísse e adormecesse. Desde então Samsa ficou isolado, sendo alimentado somente pela sua irmã, porém a mesma passa a se cansar disso, já não conseguia ver naquele animal asqueroso o seu irmão.

A família não suportava a presença de Samsa na casa, até que ele decidiu partir, pois os pais dele falaram que ele deveria sair de livre e espontânea vontade. A ultima ação de Samsa na historia foi lembrar-se da família com amor, ele acabou sendo achado por uma empregada morto em seu quarto. Seus familiares acabaram ficando aliviados com a sua morte, sentiram-se libertados de sua presença.

O livro deixa que possamos tirar nossas próprias conclusões, a família via-se presa em Samsa, não conseguiram suportar a sua nova condição, por mais que fosse imunda e horrorosa não foi Samsa quem escolheu passar por aquilo, até que o mesmo trazia dinheiro pra dentro de casa ele lhes era útil, porém quando isso não se fazia mais ele passou a ser um estorvo que só causava problemas, a morte de Samsa foi como uma libertação para a família do mesmo, que depois de tanto infortúnios viam em Grete irmã de Samsa sonhos que deveriam ser cultivados.

Biografia

Franz Kafka nasceu na cidade de Praga, na Republica Checa em três de julho de 1883 e morreu em  três de junho de 1924. De família judaica Kafka escrevia em língua alemã, grande maioria dos seus textos foram publicados após sua morte, grande parte deles ainda incompletos. Kafka foi um dos escritores que mais influenciaram na literatura ocidental.

As obras de Kafka fazem relação principalmente com a condição humana, tem um olhar direcionado pra justiça e a fragilidade humana diante dos problemas do dia a dia. Suas principais obras foram escritas entre 1913 e 1921, sendo elas: A Metamorfose, O Processo, O Castelo, O Foguista, A Sentença e O Artista da Fome.
Seus textos são bastante complexos e exigem atenção aos detalhes. Sua obra é baseada na dor, sem a intenção de se fazer bonita. Kafka conseguiu prestigio e reconhecimento após sua morte, suas obras literárias passaram a influenciar os indivíduos, passando a ser cultuadas por muitos leitores do mundo todo.
Postagem mais recente
Next Story Postagem mais antiga Página inicial
siga-nos no Instagram: @postliteral
Leia[+]
© all rights reserved
made with by templateszoo