7 Livros para compreender o autismo

O autismo é um transtorno complexo do desenvolvimento que afeta a forma como uma pessoa percebe o mundo, interage com os outros e processa informações. Tendo sido reconhecido pela primeira vez na década de 1940, o autismo tem despertado cada vez mais interesse e atenção nas últimas décadas, à medida que se busca compreender melhor essa condição e encontrar formas de melhorar a qualidade de vida das pessoas com autismo. Não é surpreendente, portanto, que a literatura sobre o assunto também tenha se multiplicado, fornecendo uma ampla gama de livros informativos que visam educar e conscientizar o público sobre o autismo. Nesta matéria, apresentaremos uma seleção de livros que podem ser uma fonte valiosa de conhecimento e esclarecimento para aqueles que desejam se informar sobre o autismo, oferecendo uma visão abrangente e atualizada sobre esse transtorno ainda cercado de muitas dúvidas e estereótipos.

o menino que nunca sorriu (Fábio Barbirato & Gabriela Dias)

Um menino que até os 7 anos nunca deu um sorriso. A adolescente vítima de ansiedade e bullying que perdeu 20 quilos e passou a sofrer de anorexia. Um jovem que se recusava a entrar em ônibus cheio mas sabia os nomes de todas as ruas num percurso de 500 quilômetros. Personagens verdadeiros como esses frequentam o Ambulatório da Psiquiatria Infantil da Santa Casa, no Rio de Janeiro, referência no país, que tem à frente o renomado psiquiatra infantil Fabio Barbirato. Neste livro, ele e sua mulher, a também médica Gabriela Dias, reúnem emocionantes histórias de jovens portadores de autismo, ansiedade, depressão, hiperatividade e outros transtornos que levam sofrimento não só a eles, mas também às suas famílias. São 32 crônicas da vida real, surpreendentes, que jogam luz sobre um universo pouco falado e cercado de preconceitos.


O cérebro autista (Temple Grandin& Richard Panek)

Em O Cérebro Autista, os autores Temple Grandin e Richard Panek refletem e explicam sobre questões que nem sempre são comentadas em uma obra de 252 páginas. O livro apresenta pesquisas sobre o autismo e terapias disponíveis. De acordo com os autores, os leitores são apresentados a cientistas e que exploram teorias inovadoras sobre as causas do transtorno. No Brasil, a obra é publicada pela editora Record, com tradução de Cristina Cavalcanti. O livro pode ser adquirido por cerca de R$ 47 em capa comum. Já a versão mobile tem valores que partem de R$ 44.


Autismo: Humano à sua maneira – Um novo olhar sobre o Autismo (Prizant & Meyer)


Nesta obra, o doutor Barry M. Prizant apresenta um guia essencial para orientar pais, familiares e profissionais de saúde, sempre pautado na ciência, de forma humanizada e inclusiva, com estratégias extremamente eficazes. E vai além, ao expandir a compreensão do que é o autismo e do modo como este impacta a vida das pessoas que convivem com ele.

Em vez de buscar suprimir os “sintomas”, Prizant concentra-se em desvendar as causas emocionais do comportamento da criança e do adulto autista, proporcionando ferramentas efetivas de desenvolvimento. Humano à sua maneira oferece uma nova perspectiva sobre o autismo, propondo que a linguagem social de pessoas dentro do espectro apenas se assemelha a um idioma estrangeiro. Dessa forma, sua compreensão desvela que o autismo não é uma doença, mas, sim, um jeito próprio de ser humano.

Simplificando o Autismo: Para pais, familiares e profissionais (Thiago Castro)


"Simplificando o Autismo" é uma obra completa e abrangente que aborda o transtorno do espectro autista (TEA) de maneira cuidadosa, compreensiva e sensível. Coordenado pelo renomado médico Dr. Thiago Castro, que traz não apenas sua expertise profissional, mas também sua vivência única como pai de uma criança autista, o livro oferece uma perspectiva rara e autêntica sobre o tema.

Por meio de uma linguagem acessível e embasada, o Dr. Thiago e coautores especialistas exploram diversos aspectos do autismo, desde os primeiros sinais e o diagnóstico precoce, até as dificuldades enfrentadas na busca por profissionais capacitados, terapias, inclusão escolar e convivência social. A obra é destinada tanto a pais que desejam compreender melhor o transtorno e lidar com seus desafios, quanto a profissionais que trabalham na área e buscam aprimorar seus conhecimentos.

"Simplificando o Autismo" é uma leitura que ensina o que é o autismo, sua história, os diferentes níveis do espectro e o tratamento adequado para cada um deles. Ainda, oferece orientações práticas para vencer dilemas do dia a dia, como a realização de tratamentos domiciliares de baixo custo, explora os direitos e a inclusão escolar, e proporciona clareza sobre a genética, exames, comorbidades, medicações e mitos relacionados ao autismo.

A obra é uma referência indispensável para pais e profissionais que buscam compreender e lidar com o transtorno do espectro autista. Leitura fundamental para quem deseja mergulhar nesse universo e promover uma sociedade mais inclusiva e acolhedora para todos.

O que a ciência nos diz sobre o transtorno do espectro autista: fazendo as escolhas certas para o seu filho (Bernier, Dawson, Nigg, Maria & Rosa)


Em O que a ciência nos diz sobre o transtorno do espectro autista: fazendo as escolhas certas para o seu filho, Raphael A. Bernier, Geraldine Dawson e Joel T. Nigg reúnem as mais recentes descobertas científicas a respeito do autismo e as apresentam em linguagem acessível. Este livro, também disponível em formato eletrônico (e-book), aborda desde as características essenciais do espectro autista, passando pelo diagnóstico do transtorno, os níveis de severidade e prejuízo, as comorbidades mais comuns e o transtorno do espectro autista (TEA) em diferentes fases da vida – na infância, na adolescência e na vida adulta. Além disso, configura-se como recurso fundamental para pais e psicólogos ao tratar temas como melhores práticas para ajudar uma criança com autismo; exercício, sono e autismo; nutrição e problemas gastrintestinais e alimentares; promessas e perigos do uso da tecnologia; inserção acadêmica e no mercado de trabalho.


O autismo como estrutura subjetiva: Estudo sobre a experiência do autista na linguagem e com a palavra (Cirlana Rodrigues de Souza)


O que a autora oferece à leitura é fruto de seu intenso esforço em registrar o que sua prática com crianças, efetivamente clínica, lhe transmitiu. Assinala-se que ela não trata das crianças conformadas aos ideais sociais, mas, justamente, aquelas que desde a primeira infância se contrapõem a padrões de normalidade perseguidos pelo discurso vigente.


Cirlana propõe considerar algumas apresentações pelas quais a linguagem pode incidir numa modalidade de corpo, conjugando-se na estruturação de um sujeito qualquer, focalizando formas surpreendentes. Assim, a autora se dedica a destacar, nos autistas, os efeitos paradoxais incomensuráveis que tangenciam certas operações de linguagem que se redobram sobre ela mesma para negá-la, assim, perpetuando-a.

A densa trajetória aqui tramada fisga o leitor, exigindo interesse e esforço, posto que convoca o clínico a transitar por uma constelação tensionada por conceitos pouco tratados que resistem à biunivocidade e ao mero encobrimento. É o que acirra o necessário debate sobre o furo da linguagem que, num só tempo, mantém-se incluído e em exterioridade a ela.


O autismo em meninas e mulheres: Diferença e interseccinalidade ( Sílvia Ester Orrú)


Esta obra apresenta os estudos mais recentes sobre o autismo no feminino e a importância de que toda a sociedade tenha consciência disso, especialmente as famílias e profissionais da educação e da saúde. A autora destaca a Diferença e a Interseccionalidade como elementos constitutivos da subjetividade de cada mulher, de cada menina. As investigações sobre como o autismo impacta o feminino são muito recentes e há muitas inquietações e desafios por vir. Com linguagem clara, esta é uma leitura necessária para conhecer mais do universo feminino permeado pelo autismo.

#autismo #transtornodoautismo #desenvolvimentocomplexo #percepçãodomundo #interaçãosocial #processamentodeinformações #qualidadedevida #literaturasobreautismo #livrosinformativos #educaçãoconsciente #esclarecimento #dúvidas #estereótipos #conhecimentovalioso
Postar um comentário

Comentários