companhia das letras

O átomo ► (Resenha)

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

/ by Vitor Zindacta



O documentário “ATOM – Clash of Titans” apresentado em sala de aula apresenta de forma muito interessante, toda a história do átomo dividida em três partes. Por mais que eu tenha estudado os conceitos nele apresentado, o documentário explica cada passagem da história, cada descoberta, cada nome e cada lugar do mundo onde ela se passa. Sem falar de histórias interessantes que despertam o interesse por essa história que nos fazem entender a vida e nos transporta através de algumas ideias, como diz o professor e apresentador do documentário Jim Al-Khalili.

Em todo o documentário, podemos ver uma história cheia de disputas e conflitos, onde cientistas levados pela glória e pela sede de conhecimento traçavam verdadeiras batalhas. Logo no começo, o professor explica a importância de se conhecer o átomo a partir do século XIX. O estudo do átomo surgiu na necessidade de aumentar a eficiência dos sistemas a vapor, porém, não sabiam que estavam prestes a descobrir o segredo da vida e desencadear todo esse avanço.


A primeira parte do documentário mostra a dificuldade que os primeiros defensores do átomo enfrentaram perante a sociedade. Como um dos primeiros gênio. Boltzman, que foi condenado como materialista antirreligioso. Tudo ficou mais fácil depois que Albert Einstein mostra sem margem de erros a existência do átomo. E o mais interessante, é que o documentário mostra com clareza quando reproduzem a forma como esse grande gênio, que com 26 anos, conseguiu provar que a resposta sempre esteve lá.

Ao mostrar as universidades onde os cientistas trabalhavam, como eles eram e suas ambições, o documentário nos ajuda a compreender a história do átomo por completo. Como a história dos revolucionários Rutherford e Bohr que com suas mentes brilhantes batalhavam movidos pela sede de conhecimento e glória. Mesmo depois de algum tempo estudando o experimento de Rutherford, não consegui entende-lo por completo. Isto só foi possível graças a animação apresentada no documentário, que juntamente com o modelo usado por Rutherford fizeram eu compreender a estrutura do átomo e como chegaram a essa conclusão.

A cada passo que se uma dúvida era sanada pelos cientistas, outra nascia no lugar. Para isso a Física atômica passa por renovações criadas por gerações diferentes algumas vezes. Na primeira parte o documentário mostra as diferenças de ideias e conflitos traçados por duas gerações, e como de certa forma Bohr e sua nova geração conseguiram vencer a velha. O fato de o documentário mostrar detalhe por detalhe na descoberta de cada cientista me despertou muito mais interesse na física atômica, porque conta a história do átomo como se conta a história de uma guerra.



Postagem mais recente
Next Story Postagem mais antiga Página inicial
siga-nos no Instagram: @postliteral
Leia[+]
© all rights reserved
made with by templateszoo