companhia das letras

Passaporte da leitura: o que é, como usar

terça-feira, 10 de agosto de 2021

/ by Vitor Zindacta


É muito comum ver influencers do universo literário utilizando um bloco de anotações para registrar suas leituras, na maioria das vezes, isso é feito através de um passaporte de leitura. O passaporte de leitura é como um passaporte convencional, pelo menos esteticamente falando, só que aqui, o único objetivo é registrar as leituras e impressões do leitor em relação à determinada obra, como organizar de forma mais clara e objetiva suas futuras leituras. É claro que existem algumas regrinhas básicas sobre como utilizar um, afinal, não se pode usá-lo de má fé. Como assim? Bom, é sabido que todo leitor possui uma incrível habilidade de acumular livros não lidos e ainda assim ser capaz de adquirir novos livros no decorrer da vida, ou porque está realmente muito afim e crente de que um dia irá ler todos ou pelo simples fato de determinado livro estar na moda ou em alta entre a comunidade. O problema é quando você começa a registrar no passaporte as leituras já realizadas antes de mesmo de obtê-lo, exemplo: você compra um passaporte e no lugar de registrar suas novas leituras e metas, registra as  antigas e já concluídas, assim não vale. Você também não deve registrar livros que não pretende ler até o final ou semelhante, afinal, você necessita de um passaporte pelo simples fato de ser mais fácil organizar sua vida e rotina com os livros.

Alguns mandamentos para todo leitor que possui ou pretende possuir um passaporte de leitura:

1. NÃO registre livros   que leu no passado, foque em organizar suas leituras a partir da aquisição do passaporte.

2. NÃO indique livros à seus amigos que você não leu por completo ou não gostou, só porque está em alta. Estar por dentro do assunto não quer dizer que você entenda tão bem. Um livro é preciso ser lido pra se ser compreendido.

3. NÃO crie metas que você não poderá realizar ou que você não tenha tempo de realizar, saiba impor-se a ponto de se organizar melhor.

4. ENCONTRE seu gosto pessoal, você sempre pode alugar livros em bibliotecas para uma leitura diferenciada dentro dos gêneros que mais gostar.

5.NÃO viaje sem a companhia de um livro, é sério.

6. NÃO fique preso a estilos e autores: O negócio é abrir o leque de possibilidades e explorar novos estilos e autores.

7. CULTIVE o habito de leitura sempre. Coloque alarme, lembretes e até anotações visíveis para se lembrar de ler ao menos dez minutos ao dia, assim fica fácil acabar com toda prateleira de livros acumulados.

8. NÃO crie regras rígidas de leitura, isso torna todo processo chato, tediante e doloroso.

9. Descubra novos horizontes: Pesquise, leia, introduza o livro em sua rotina

10. NÃO viva sem ler.

Ok, mas a pergunta que não quer calar: por que tem este nome? Um passaporte de leitura leva este nome pois acredita-se que assim como os aviões, os livros também são capazes de nos levar pra viajar. Um passaporte de leitura custa entre R$5 e R$25. Incrível, não?

Postagem mais recente
Next Story Postagem mais antiga Página inicial
siga-nos no Instagram: @postliteral
Leia[+]
© all rights reserved
made with by templateszoo