[RESENHA #918] Pílulas de Resiliência, de Robson Hamuche

Você não precisa aguentar tudo. Viver em um mundo caótico e cheio de desafios faz com que fiquemos estressados e procurando constantemente por uma válvula de escape, um antídoto que cure todas as nossas angústias. Entretanto, é preciso manter a tranquilidade e o foco no que vale a pena mesmo quando tudo parece ser turbulência. Portanto, para ajudá-lo a viver uma vida mais leve e com significado, Pílulas de resiliência traz uma dose diária de reflexão, calma, força e felicidade para que você passe por esse caminho e siga em direção à evolução pessoal. São 150 mensagens de autoestima, empoderamento pessoal e equilíbrio para que você recarregue a sua energia e deixe de lados as preocupações. Pare, respire e vamos juntos! Neste livro, você encontrará frases como: “Resiliência é a capacidade de se recuperar de algo que não deu certo, de se adaptar às mudanças que acontecem ao longo do tempo.”

RESENHA

Pílulas de Resiliência, de Robson Hamuche, é um livro de autoajuda que propõe uma dose diária de reflexão, calma, força e felicidade para quem busca viver melhor e com menos preocupações. O autor, que é terapeuta transpessoal, palestrante e empreendedor, reúne 150 mensagens de autoestima, empoderamento pessoal e equilíbrio, baseadas em sua experiência profissional e pessoal.

O livro não tem um enredo ou personagens principais, mas sim uma estrutura simples e direta, dividida em cinco partes: Resiliência, Autoconhecimento, Propósito, Felicidade e Gratidão. Cada parte contém 30 mensagens curtas e inspiradoras, acompanhadas de uma ilustração e um espaço para anotações. As mensagens abordam temas como superação de desafios, aceitação de si mesmo, busca de sentido, realização de sonhos, valorização da vida e reconhecimento das bênçãos.

A simbologia do livro está relacionada ao conceito de resiliência, que é a capacidade de se recuperar de algo que não deu certo, de se adaptar às mudanças que acontecem ao longo do tempo e de transformar as dificuldades em oportunidades de crescimento. O autor usa exemplos da natureza, como a água, o bambu, a borboleta e a flor de lótus, para ilustrar essa ideia e mostrar que é possível ser flexível, resistente e belo diante das adversidades.

A mensagem principal do livro é que cada pessoa tem um potencial infinito e pode alcançar seus objetivos e sua felicidade, desde que tenha uma atitude positiva, confiante e grata perante a vida. O autor convida o leitor a se conhecer melhor, a descobrir seu propósito, a se conectar com sua essência e a expressar sua autenticidade. Além disso, ele sugere que o leitor pratique a meditação, a respiração, a oração, o perdão, a generosidade e a compaixão, como formas de cultivar a paz interior e a harmonia com o próximo.

Os ensinamentos do livro são baseados em princípios da psicologia transpessoal, que é uma abordagem que integra aspectos físicos, emocionais, mentais e espirituais do ser humano, buscando uma visão holística e transcendente da realidade. O autor também se inspira em outras fontes de sabedoria, como a filosofia, a religião, a ciência, a arte e a literatura, citando autores como Eckhart Tolle, Deepak Chopra, Paulo Coelho, Albert Einstein, Mahatma Gandhi, Dalai Lama, entre outros.

A biografia do autor, de forma breve e resumida, é a seguinte: Robson Hamuche é graduado em Engenharia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduado em Psicologia Transpessoal pelo Instituto Serra da Portaria. Formado em técnicas de Expansão de Consciência pelo ITK Treinamentos; em Rebirthing pelo Instituto Brasileiro de Renascimento; Certificado pelos Instituto Gallup em Coach Pontos Fortes e em Constelação Familiar Sistêmica pelo Instituto Bert Hellinger. Cursou Experiência Somática com o Ph.D. e psiquiatra clínico norte-americano Peter Levine e também é certificado como master Practitioner em Programação Neurolinguística pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística. Fundador do Resiliência Humana, que contribui para tornar a vida das pessoas mais leve através de atendimentos, treinamentos e palestras, além de levar conteúdo exclusivo de autoconhecimento e psicologia dentro das mídias sociais com mais de 20 milhões de pessoas em todas sua plataformas. Autor de outros livros, como Um Compromisso por Dia, Um Compromisso por Dia Pais e Filhos, O Pequeno Livro para Realizar Grandes Sonhos e Minha Gratidão Diária.

Uma comparação com outros escritos do autor revela que ele mantém uma linha coerente e consistente em sua obra, abordando temas similares e usando uma linguagem simples, acessível e motivadora. Seus livros têm um formato prático e interativo, que estimula o leitor a refletir, escrever, desenhar e agir de acordo com seus propósitos. Além disso, seus livros têm um design atraente e colorido, que transmite alegria e otimismo.

O livro Pílulas de Resiliência é uma obra que pode agradar a quem busca uma leitura leve, rápida e positiva, que oferece conselhos e dicas para melhorar a qualidade de vida e a autoestima. O autor demonstra conhecimento e sensibilidade ao tratar de temas relevantes e atuais, que dizem respeito aos desafios e às oportunidades do mundo contemporâneo. O livro também pode servir como um guia prático e um companheiro diário, que ajuda o leitor a se conectar com sua essência e a expressar sua autenticidade. No entanto, o livro também pode ser criticado por ser superficial, repetitivo e simplista, que não aprofunda as questões psicológicas e espirituais que aborda, que usa frases feitas e clichês, que não apresenta evidências científicas ou empíricas que sustentem suas afirmações, que não considera as diferenças individuais e sociais que influenciam a resiliência e que não propõe uma reflexão crítica sobre as causas e as consequências dos problemas que afetam a humanidade. O livro também pode ser visto como uma obra que se insere em um mercado editorial saturado e lucrativo, que explora a demanda por soluções rápidas e fáceis para os dilemas existenciais, que vende ilusões e falsas promessas, que não contribui para a transformação social e que não estimula o pensamento autônomo e criativo.

Postar um comentário

Comentários