[RESENHA #910] Trabalhe 4 Horas por Semana, de Timothy Ferriss

O que você faz? Para Tim Ferriss, o autor deste livro, esta não é uma pergunta fácil de responder. Dependendo do momento em que alguém fizer essa pergunta ao controvertido professor-convidado da Universidade de Princeton, ele poderá responder: 'Cruzo a Europa como piloto de motocicletas'. 'Ando de esqui pelos Andes'. 'Faço mergulhos no Panamá'.

'Danço tango em Buenos Aires'. Ele passou mais de cinco anos aprendendo os segredos dos novos ricos, uma subcultura em franco crescimento que abandonou o 'plano de adiar a vida' (escravo-poupador-aposentado) e passou a dominar as novas moedas de troca tempo e mobilidade para criar estilos de vida luxuosos no aqui e agora. .

Seja você um trabalhador sobrecarregado ou um empresário preso ao próprio negócio, este livro é a bússola para um mundo novo e revolucionário. Junte-se a Tim Ferriss e descubra:- Como ensinar seu chefe a dar mais valor ao seu desempenho do que à presença.- Como cultivar a ignorância seletiva e gerar tempo com uma dieta de pouca informação.- Quais são os segredos de gestão dos CEOs por controle remoto.- Como preencher o vazio e criar uma vida plena depois de eliminar o trabalho e o escritório.

RESENHA

O livro Trabalhe 4 Horas por Semana, publicado em 2007, é um guia prático e provocativo para quem deseja escapar da rotina de trabalho tradicional, ganhar mais dinheiro e tempo livre, e viver uma vida mais rica e satisfatória. O autor, Timothy Ferriss, é um escritor, empresário, investidor anjo e palestrante que compartilha sua própria experiência de como passou de um workaholic estressado e infeliz para um “ultravagabundo” que viaja pelo mundo, aprende novas habilidades e realiza seus sonhos.

O livro é dividido em quatro partes, que correspondem ao acrônimo DEAL: Definição, Eliminação, Automação e Liberação. Cada parte contém capítulos com dicas, exemplos, exercícios e estudos de caso que ensinam o leitor a aplicar os princípios do estilo de vida proposto por Ferriss. O objetivo é que o leitor consiga criar um negócio que gere renda passiva, delegar e terceirizar as tarefas que não agregam valor, eliminar as distrações e as ineficiências, e aproveitar as oportunidades de mobilidade e flexibilidade que a tecnologia e a globalização oferecem.

O livro aborda aspectos históricos, sociais, políticos, geográficos e antropológicos que influenciam a forma como as pessoas encaram o trabalho e o lazer. Ferriss questiona o modelo de trabalho de 9 a 5, a ideia de aposentadoria, o consumismo, o medo da mudança, a falta de propósito e a busca pela segurança. Ele defende que é possível e desejável romper com esses paradigmas e criar uma vida mais autêntica, criativa e divertida, baseada na realização de projetos pessoais, no aprendizado contínuo, na experimentação de novas culturas e na contribuição para o mundo.

O livro não tem personagens principais, mas sim depoimentos de pessoas que adotaram o estilo de vida de Ferriss ou que o inspiraram de alguma forma. Entre elas, estão empreendedores, artistas, atletas, cientistas, filantropos e nômades digitais. Ferriss também cita diversas fontes de informação, ferramentas e recursos que o ajudaram em sua jornada e que podem ser úteis para o leitor.

A simbologia do livro está relacionada à ideia de liberdade, tanto financeira quanto de tempo e de localização. Ferriss usa o termo “Nova Rica” para se referir às pessoas que conseguem viver de acordo com seus próprios termos, sem depender de um emprego fixo, de um salário alto ou de uma rotina previsível. Ele também usa o conceito de “miniaposentadorias”, que são períodos de tempo em que o leitor pode se afastar do trabalho e se dedicar a atividades que lhe dão prazer e significado, como viajar, estudar, praticar um hobby ou fazer trabalho voluntário.

A mensagem principal do livro é que é possível trabalhar menos e viver mais, desde que o leitor esteja disposto a desafiar as convenções sociais, a questionar suas próprias crenças, a definir seus objetivos e prioridades, a simplificar sua vida, a automatizar e delegar seu trabalho, e a aproveitar as oportunidades que o mundo moderno oferece. O livro também transmite a ideia de que o trabalho não deve ser um fim em si mesmo, mas um meio para alcançar a realização pessoal e a felicidade.

Os ensinamentos do livro são variados e abrangem desde técnicas de produtividade, negociação, marketing, vendas, gestão, finanças, até dicas de saúde, fitness, alimentação, aprendizado, relacionamento, viagem, entretenimento e filosofia. O livro é uma fonte de inspiração e motivação para quem quer mudar sua vida para melhor, mas também exige do leitor uma postura crítica, criativa e responsável para colocar em prática os ensinamentos de Ferriss.

A biografia do autor é breve e resumida no início do livro, mas também é complementada ao longo dos capítulos com relatos de suas experiências pessoais e profissionais. Ferriss nasceu em 1977 nos Estados Unidos, formou-se em Estudos do Leste Asiático na Universidade de Princeton, trabalhou em uma empresa de tecnologia no Vale do Silício, fundou uma empresa de suplementos nutricionais chamada BrainQUICKEN, que vendeu em 2010, e se tornou um escritor, investidor anjo e palestrante de sucesso. Ele fala seis línguas, tem um título mundial de tango, é campeão nacional de kickboxe chinês e ator em uma série de televisão em Hong Kong. Ele já viajou por mais de 40 países e atualmente vive em São Francisco, Califórnia.

Os outros escritos de Ferriss são livros que seguem a mesma linha de Trabalhe 4 Horas por Semana, mas focam em aspectos específicos da vida, como o corpo, a mente, a saúde, o aprendizado e o sucesso. São eles: 4 Horas Para o Corpo, O Chefe de Cozinha de Quatro Horas, Ferramentas dos Titãs e Tribos de Mentores. Ferriss também mantém um blog, um podcast e um programa de televisão, onde entrevista personalidades de diversas áreas e compartilha suas dicas e insights.

O livro Trabalhe 4 Horas por Semana é uma obra revolucionária, que propõe uma nova forma de encarar o trabalho e o lazer, baseada na liberdade, na criatividade e na realização pessoal. O autor, Timothy Ferriss, é um exemplo de alguém que conseguiu transformar sua vida e alcançar seus sonhos, sem abrir mão de sua saúde, de seu bem-estar e de sua felicidade. O livro é repleto de dicas práticas, exemplos inspiradores, exercícios desafiadores e estudos de caso que mostram que é possível trabalhar menos e viver mais, desde que o leitor esteja disposto a mudar sua mentalidade, a definir seus objetivos, a simplificar sua vida, a automatizar e delegar seu trabalho, e a aproveitar as oportunidades que o mundo moderno oferece. O livro é uma leitura obrigatória para quem quer escapar da rotina, experimentar grandes viagens pelo mundo, ter uma renda mensal de cinco dígitos ou apenas viver mais e trabalhar menos.

O livro Trabalhe 4 Horas por Semana é uma obra ilusória, que propõe uma forma de escapismo e irresponsabilidade, baseada na preguiça, na superficialidade e na alienação. O autor, Timothy Ferriss, é um exemplo de alguém que se aproveitou de seu privilégio e de sua sorte, sem se preocupar com as consequências de suas ações, nem com o impacto de seu trabalho no mundo. O livro é repleto de dicas impraticáveis, exemplos irreais, exercícios inúteis e estudos de caso que mostram que é impossível trabalhar menos e viver mais, a menos que o leitor esteja disposto a enganar sua consciência, a ignorar seus valores, a complicar sua vida, a explorar e abandonar seu trabalho, e a desperdiçar as oportunidades que o mundo moderno oferece. O livro é uma leitura dispensável para quem quer ter um trabalho significativo, contribuir para a sociedade, ter uma renda justa e sustentável, e viver com equilíbrio e propósito.

Postar um comentário

Comentários