[RESENHA #893] #umdiasemreclamar: Descubra por que a gratidão pode mudar a sua vida, de Marcelo Galuppo


DESCUBRA O PODER DA GRATIDÃO E MUDE A SUA VIDA EM 24 HORAS

Quantas vezes você reclamou de algo hoje? Já parou pra pensar como é difícil ser grato e como focamos muito mais a nossa atenção nos problemas e não nas soluções?

Este livro lhe propõe o seguinte desafio: passe um dia (24 horas) sem reclamar. Para realizá-lo, você precisará registrar o horário em que iniciará o exercício. E não será preciso registrar quantas vezes você viola seu comando porque, a cada vez que você o fizer, deverá reiniciar a contagem do tempo.

Segundo os autores, a principal função deste exercício é tornar-nos conscientes de que a ingratidão é o padrão natural do ser humano. Além dele, você encontrará aqui mais seis exercícios de gratidão e mudará para sempre a maneira como encara os seus problemas.

RESENHA

O livro #umdiasemreclamar: Descubra por que a gratidão pode mudar a sua vida, de Marcelo Galuppo, é uma obra que propõe um desafio simples, mas transformador: passar um dia inteiro sem reclamar de nada. O autor, que é professor e advogado, defende que a gratidão é uma virtude que pode melhorar a qualidade de vida das pessoas, trazendo benefícios para a saúde física, mental e emocional.

O livro foi publicado em 2021 pela editora Citadel, em um contexto de pandemia, crise econômica e social, e polarização política, que afetam o humor e a esperança de muitos brasileiros. Nesse cenário, o autor busca oferecer uma alternativa para enfrentar as dificuldades com mais otimismo e resiliência, baseando-se em conceitos da filosofia, da psicologia e da neurociência.

O livro é dividido em sete capítulos, que abordam os seguintes temas: os males da ingratidão, o que é a gratidão, por que ser grato, por que é tão difícil ser grato, como ser grato, sete exercícios de gratidão e um bônus sobre como lidar com pessoas tóxicas. Cada capítulo apresenta exemplos, reflexões, citações e dicas práticas para desenvolver o hábito da gratidão no dia a dia.

Um dos pontos altos do livro é o primeiro exercício proposto pelo autor, que consiste em passar 24 horas sem reclamar de nada. Para isso, o leitor deve registrar o horário em que inicia o desafio e reiniciar a contagem sempre que violar a regra. O objetivo é tornar-se consciente de como a ingratidão é o padrão natural do ser humano e de como ela afeta negativamente o bem-estar e as relações interpessoais.

O autor explica que a reclamação é uma forma de expressar insatisfação, frustração ou raiva, mas que também pode se tornar um vício, que gera mais estresse, ansiedade e depressão. Além disso, a reclamação pode contaminar o ambiente e as pessoas ao redor, criando um clima de pessimismo e desânimo. Por outro lado, a gratidão é uma forma de reconhecer e valorizar as coisas boas da vida, que muitas vezes passam despercebidas ou são dadas como garantidas.

O autor afirma que a gratidão é uma escolha, que depende de uma mudança de perspectiva e de foco. Em vez de se concentrar nos problemas, nas dificuldades e nas faltas, o autor sugere que se olhe para as oportunidades, as soluções e os recursos disponíveis. Em vez de se comparar com os outros, o autor recomenda que se aprecie o que se tem e o que se é. Em vez de se lamentar pelo passado ou se preocupar com o futuro, o autor aconselha que se viva o presente com mais atenção e alegria.

O autor também apresenta evidências científicas de que a gratidão traz benefícios para a saúde física, como fortalecer o sistema imunológico, reduzir a pressão arterial e melhorar o sono. Além disso, a gratidão favorece a saúde mental, como aumentar a autoestima, a confiança, a motivação e a criatividade. Ainda mais, a gratidão melhora a saúde emocional, como diminuir o medo, a culpa, a inveja e a raiva, e aumentar o amor, a compaixão, a generosidade e a felicidade.

O autor também ensina outros seis exercícios de gratidão, que podem ser praticados diariamente ou semanalmente, como escrever um diário de gratidão, fazer uma lista de coisas pelas quais se é grato, expressar gratidão verbalmente ou por escrito a alguém que fez algo bom, meditar sobre a gratidão, fazer uma oração de gratidão ou praticar um ato de bondade.

O livro é uma leitura leve, inspiradora e motivadora, que convida o leitor a experimentar uma nova forma de ver e viver a vida, com mais gratidão e menos reclamação. O autor escreve com clareza, simplicidade e humor, usando uma linguagem acessível e envolvente. O livro também é bem estruturado, com capítulos curtos e objetivos, que facilitam a compreensão e a aplicação dos conceitos e das dicas.

A resenha crítica do livro #umdiasemreclamar: Descubra por que a gratidão pode mudar a sua vida, de Marcelo Galuppo, pode ser a seguinte:

O livro #umdiasemreclamar: Descubra por que a gratidão pode mudar a sua vida, de Marcelo Galuppo, é uma obra que traz uma proposta simples, mas desafiadora: passar um dia inteiro sem reclamar de nada. O autor, que é professor e advogado, defende que a gratidão é uma virtude que pode melhorar a qualidade de vida das pessoas, trazendo benefícios para a saúde física, mental e emocional.

O livro foi publicado em 2021 pela editora Citadel, em um contexto de pandemia, crise econômica e social, e polarização política, que afetam o humor e a esperança de muitos brasileiros. Nesse cenário, o autor busca oferecer uma alternativa para enfrentar as dificuldades com mais otimismo e resiliência, baseando-se em conceitos da filosofia, da psicologia e da neurociência.

O livro é uma leitura leve, inspiradora e motivadora, que convida o leitor a experimentar uma nova forma de ver e viver a vida, com mais gratidão e menos reclamação. O autor escreve com clareza, simplicidade e humor, usando uma linguagem acessível e envolvente. O livro também é bem estruturado, com capítulos curtos e objetivos, que facilitam a compreensão e a aplicação dos conceitos e das dicas.

O livro tem como ponto forte o primeiro exercício proposto pelo autor, que consiste em passar 24 horas sem reclamar de nada. O objetivo é tornar-se consciente de como a ingratidão é o padrão natural do ser humano e de como ela afeta negativamente o bem-estar e as relações interpessoais. O autor explica que a reclamação é uma forma de expressar insatisfação, frustração ou raiva, mas que também pode se tornar um vício, que gera mais estresse, ansiedade e depressão. Por outro lado, a gratidão é uma forma de reconhecer e valorizar as coisas boas da vida, que muitas vezes passam despercebidas ou são dadas como garantidas.

O autor também apresenta outros seis exercícios de gratidão, que podem ser praticados diariamente ou semanalmente, como escrever um diário de gratidão, fazer uma lista de coisas pelas quais se é grato, expressar gratidão verbalmente ou por escrito a alguém que fez algo bom, meditar sobre a gratidão, fazer uma oração de gratidão ou praticar um ato de bondade.

O autor também apresenta evidências científicas de que a gratidão traz benefícios para a saúde física, mental e emocional, como fortalecer o sistema imunológico, reduzir a pressão arterial, melhorar o sono, aumentar a autoestima, a confiança, a motivação, a criatividade, o amor, a compaixão, a generosidade e a felicidade, e diminuir o medo, a culpa, a inveja e a raiva.

O livro tem como ponto fraco a falta de aprofundamento teórico e crítico sobre o tema da gratidão, que poderia enriquecer a obra com mais referências, argumentos e contrapontos. O autor se baseia principalmente em sua experiência pessoal e em fontes secundárias, que nem sempre são citadas ou explicadas com rigor. O livro também pode ser visto como superficial, simplista ou ingênuo, por sugerir que a gratidão é uma solução mágica para todos os problemas da vida, sem considerar as complexidades, as contradições e as injustiças que afetam a realidade de muitas pessoas.

O livro é uma obra que pode agradar a um público amplo, que busca uma leitura fácil, divertida e motivacional, que oferece dicas práticas para desenvolver o hábito da gratidão

Postar um comentário

Comentários