[RESENHA #780] Nêmesis, de Agatha Christie

Após receber uma estranha carta dos advogados de seu falecido amigo Jason Rafiel, Miss Jane Marple acaba sendo convocada para uma enigmática missão, sobre a qual aparentemente não tem qualquer informação. Poderia um morto conduzir uma investigação? Jane Marple terá de seguir as pistas mais obscuras para desvendar este intrigante mistério. Último livro de Agatha Christie protagonizado por Miss Marple, "Nêmesis", publicado em 1971, traz de volta a figura do sr. Rafiel, um excêntrico homem de negócios que se aliara à simpática velhinha para resolver um crime em "Mistério no Caribe". Surpreendente e perspicaz, Nêmesis fecha com chave de ouro o conjunto dos romances protagonizados pela astuta senhora.

RESENHA

Nêmesis é um romance policial da escritora inglesa Agatha Christie, publicado originalmente em 1971. É o último livro da série protagonizada pela detetive amadora Miss Jane Marple, uma simpática e sagaz senhora que usa sua experiência de vida e seu conhecimento da natureza humana para solucionar crimes misteriosos.

O livro começa com Miss Marple recebendo uma carta dos advogados de seu falecido amigo Jason Rafiel, um milionário que a ajudou a evitar uma tragédia em uma viagem ao Caribe. A carta revela que Rafiel deixou uma herança para Miss Marple, mas com uma condição: ela deve aceitar um desafio e solucionar um crime que aconteceu há anos atrás, sem saber do que se trata. Rafiel só lhe dá uma pista: a palavra Nêmesis, que significa a deusa grega da vingança e da justiça.

Miss Marple aceita o desafio e embarca em uma excursão pelas casas e jardins célebres da Grã-Bretanha, organizada por uma agência que também foi contratada por Rafiel. Durante a viagem, ela conhece diversas pessoas, algumas das quais podem estar relacionadas ao caso que ela deve investigar. Ela também recebe algumas cartas de Rafiel, que lhe dão mais orientações e indícios sobre o mistério.

Aos poucos, Miss Marple descobre que o crime que ela deve solucionar é o assassinato de uma jovem chamada Verity Hunt, que foi encontrada morta em um bosque, com sinais de estrangulamento. Verity era uma órfã que vivia com sua tia, uma senhora rica e excêntrica, que a deixou como herdeira de sua fortuna. Verity tinha vários pretendentes, mas nenhum deles a agradava. Ela queria ser livre e independente, e tinha um sonho de viajar pelo mundo.

Miss Marple também descobre que Rafiel conhecia Verity e sua tia, e que ele tinha um interesse especial pela jovem. Ele acreditava que ela era inocente de um crime que ela foi acusada de cometer no passado, e que ela foi vítima de uma conspiração. Ele queria que Miss Marple encontrasse o verdadeiro culpado e fizesse justiça.

Com sua astúcia e intuição, Miss Marple consegue desvendar o enigma e identificar o assassino de Verity, que também é responsável por outras mortes que ocorreram durante a excursão. Ela também descobre os motivos e as circunstâncias que levaram ao crime, e revela a verdade sobre o passado de Verity e sua relação com Rafiel.

Nêmesis é um livro que mostra o talento de Agatha Christie para criar tramas complexas e surpreendentes, que prendem a atenção do leitor até o final. A autora usa sua habilidade para criar personagens bem construídos e verossímeis, que refletem os costumes e os valores da sociedade inglesa da época. Ela também explora temas como o amor, a amizade, a lealdade, a vingança, a justiça, a moral e a ética.

O estilo de Agatha Christie é claro e fluente, com uma narrativa em terceira pessoa que acompanha o ponto de vista de Miss Marple. A autora usa diálogos ágeis e inteligentes, que revelam a personalidade e as intenções dos personagens. Ela também usa descrições detalhadas dos cenários e das situações, que criam uma atmosfera de suspense e mistério.

O livro contém várias citações que ilustram o pensamento e o humor de Miss Marple, como por exemplo:

- \"Não se pode passar a vida esquivando-se a certos riscos necessários.\"

- \"Tornou a pensar em sr. Rafiel e nas coisas que tinham ocorrido em St. Honoré. Quem sabe se o problema que o interessava na época de sua morte o levasse a recordar aquela visita às Antilhas? Estaria de certo modo ligado a alguém que havia estado lá, que estivesse tomado parte ou sido espectador lá e fosse isso que o fizera pensar em Miss Marple? Existiria algum vínculo, alguma relação? Se não, por que tinha de repente lembrado dela? O que seria que poderia torná-la útil a ele, em qualquer sentido que fosse? Era uma pessoa idosa, meio excêntrica, bastante comum, não muito forte fisicamente, e mentalmente bem menos alerta do que antes. Quais poderiam ser as suas qualificações especiais, se é que existiam? Não conseguiu encontrar nenhuma.\"

- \"A vida é uma coisa muito estranha. Às vezes, quando se olha para trás, parece que tudo aconteceu por acaso. Mas, quando se olha para frente, parece que tudo está planejado.\"

O livro também contém algumas referências históricas e culturais, como por exemplo:

- A Segunda Guerra Mundial, que é mencionada como um período traumático e violento, que deixou marcas na vida de muitos personagens.

- A emancipação feminina, que é representada pela figura de Verity, que desejava ser dona de seu próprio destino e não se submeter às convenções sociais impostas às mulheres.

- A mitologia grega, que é usada como uma fonte de inspiração para o título e o tema do livro, que envolve a ideia de vingança e justiça divina.

Agatha Christie foi uma das maiores escritoras de todos os tempos, e sua obra tem uma importância e uma relevância cultural inquestionáveis. Ela influenciou e inspirou diversos autores e artistas, que se basearam em seus personagens, seus enredos e seu estilo para criar suas próprias obras. Ela também contribuiu para o desenvolvimento e a popularização do gênero policial, que se tornou um dos mais apreciados e lidos pelo público.

Agatha Christie nasceu em 1890, na Inglaterra, e desde cedo demonstrou interesse pela literatura. Ela escreveu seu primeiro livro, O Misterioso Caso de Styles, em 1917, como um desafio proposto por sua irmã. Nesse livro, ela apresentou pela primeira vez o detetive Hercule Poirot, que se tornaria um de seus personagens mais famosos. Ela se casou duas vezes, e viajou pelo mundo com seu segundo marido, o arqueólogo Max Mallowan, que lhe serviu de inspiração para muitos de seus livros ambientados em locais exóticos. Ela morreu em 1976, aos 85 anos, deixando um legado de mais de 80 livros, 17 peças teatrais e vários contos.

Nêmesis é um livro que merece ser lido e apreciado por todos os fãs de Agatha Christie e de literatura policial. É uma obra que combina suspense, mistério, humor e emoção, e que mostra o talento e a genialidade de uma das maiores escritoras da história. É um livro que nos faz pensar sobre a vida, a morte, o bem e o mal, e que nos surpreende com um final inesperado e satisfatório. É um livro que nos faz admirar e respeitar a figura de Miss Marple, uma senhora que, apesar de sua idade e de sua aparência frágil, é capaz de enfrentar os mais terríveis criminosos e de fazer justiça com sua inteligência e sua coragem. É um livro que nos faz sentir parte de uma aventura fascinante e inesquecível.

Postar um comentário

Comentários